sábado, julho 25, 2009

Qual o propósito dos dons espirituais? Ef.4.13-16


Culto de Doutrina: 11 de Julho de 2009

A finalidade dos dons espirituais tem relação com a coletividade. Os dons existem em função do benefício de toda igreja. Por essa razão é que a palavra do apóstolo é inclusiva: “até que todos cheguemos a unidade da fé”. É uma contradição da sua finalidade essencial a prática dos dons resultar em divisão ou segregação.
Mas quais propósitos podem ser alistados como finalidade dos dons espirituais à luz desse texto?

1º Para aperfeiçoar o nosso caráter. Nosso caráter é aperfeiçoado na medida que nos tornamos mais semelhantes a Jesus. Uma vez que o alvo é Cristo, o apóstolo faz uso de três expressões que apontam para essa realidade. a) Conhecimento pleno do Filho de Deus. Esse tipo de conhecimento ultrapassa uma compreensão limitada do Jesus histórico. Assim como Pedro respondeu por revelação divina, esse conhecimento “pleno” alberga o entendimento de Cristo como o Messias Divino. b) Perfeita varonilidade. Cristo foi o segundo Adão, o homem perfeito. Ele é o ideal de ser humano a ser buscado. c) A estatura da plenitude de Cristo. Cristo é pleno de todas as qualidades que devemos possuir. Chegar a altura do Cristo que é pleno de todas as virtudes é o alvo de cada cristão.

2° Para fortalecer as nossas convicções. Quando Jesus concedeu homens como dons (4.11) para a igreja, sua intenção era firmar os cristãos nas verdades eternas. Isso evita que os cristãos se tornem superficiais e ávidos pelas supostas “novas verdades”. A imagem de uma criança agitada de um lado para o outro, ou ainda de um barco sem leme levado ao dispor dos ventos, ilustra o efeito nefasto dos falsos ensinos daqueles que dissimuladamente introduzem o erro.

3° Para alicerçar nosso crescimento. O crescimento bíblico só é possível se estiver fundamentado na verdade e no amor. Excluir um em detrimento do outro produz um crescimento deficiente. Além do que somente através da verdade e do amor o crescimento será pleno. A igreja cresce em tudo. A imagem que o apóstolo tem é do corpo humano. Se houver a justa cooperação de cada parte, devidamente ajustada e consolidada, o corpo cresce naturalmente. Assim também com a igreja. Como o corpo humano, o natural é a igreja crescer, caso isso não acontece alguma anomalia existe e deve ser identificada e tratada.

Os dons espirituais são dádivas maravilhosas de Deus que atendem a necessidade do corpo de Cristo. Aquele que despreza a assistência aos cultos, o serviço cristão organizado e a prática missionária cotidiana traz prejuízo para si mesmo e para todo o corpo de Cristo.

Abraços,

Pr. Claudionor Bezerra

Um comentário:

eliseu disse...

Ola Pr. Graça e Paz. Sou pastor Metodista,RJ.trabalhei 7 anos em Recife e tive uma congregação em Limoeiro. Muito pertinente seu comentario sobre os propósitos dos dons espirituais,os 3 pontos foram analisados apartir do "MEU"? no sentido INDIVIDUAL ou do "NOSSO" no sentido de Igreja? Parabéns.
meu email: es.cruz@uol.com.br